terça-feira, 3 de maio de 2016

A CAPTURA INCIDENTAL EM PESCARIAS OCEÂNICAS COMO UM DOS FATORES ENVOLVIDOS NO DECLÍNIO DAS POPULAÇÕES DE ALBATROZES (Procellariiformes: Diomedeidae)


Flávia Cordeiro Couto e Môsar Lemos


RESUMO

A mortalidade de albatrozes devido à captura incidental em pescarias com espinhel  pelágico pode ser considerada como um fator responsável pelo declínio das populações  de diversas espécies da família Diomedeidae, devido aos altos índices de mortalidade  que causa. Albatrozes de diversas partes do mundo acompanham o deslocamento  sazonal das massas de água ricas em nutrientes em busca de alimentos, locais onde  as frotas de pescaria industrial atuam intensamente produzindo descartes de iscas e  pescado não comercial. A captura ocorre de forma incidental no momento em que as  aves atraídas pelas iscas ficam presas nos anzóis e morrem afogadas. Entretanto,  outros fatores além da pesca contribuem para o declínio das populações de albatrozes  como a degradação do habitat e a introdução de animais especialmente domésticos,  nas ilhas onde existem colônias de nidificação. Algumas técnicas vêm sendo  empregadas para reduzir a captura incidental de aves marinhas como o uso do toriline,  iscas azuis, iscas descongeladas, iscas artificiais, largada noturna, largada lateral,  largada submersa, aumento do peso do espinhel, limitação dos descartes, limitação da  pesca e uso do “hook pod”. Como cada pescaria tem suas características próprias, 
ainda não foi encontrada uma medida mitigadora que propicie bons resultados de forma  isolada, sendo a combinação de várias delas a melhor forma de minimizar os  incidentes. Nesta pesquisa buscou-se identificar, com base na literatura disponível, os  principais eventos envolvidos no declínio de populações de albatrozes, bem como as  medidas mitigadoras que são adotadas para amenizar o problema. 

PALAVRAS-CHAVE: Captura incidental, pescarias oceânicas, albatrozes, espinhel,  toriline. 



Texto completo disponível em

http://www.conhecer.org.br/enciclop/2013b/CIENCIAS%20BIOLOGICAS/A%20captura.pdf


Conheça o Projeto albatroz em: http://www.projetoalbatroz.org.br















Nenhum comentário:

Postar um comentário