terça-feira, 3 de maio de 2016

AS GALINHAS: RAÇAS E SUAS ORIGENS

AS GALINHAS: RAÇAS E SUAS ORIGENS

Môsar Lemos
INTRODUÇÃO:
            O início da domesticação da galinha é incerto, porém a maioria dos pesquisadores é unânime em afirmar que a galinha foi domesticada no continente asiático há cerca de 3200 anos e sustentam a teoria de Darwin de que todas as raças de galinhas domésticas hoje conhecidas se originaram do galo-vermelho-das-florestas (Gallus gallus), também chamado de galo de Bankiva, e que existe ainda hoje em estado selvagem nas florestas da Ásia (Índia, China, Tailândia, Vietnam, Java e Sumatra). Participaram também da formação das diversas raças o galo-verde-das-florestas de Java e Sumatra (Gallus varius), o galo Sonnerati da Índia (Gallus sonnerati) e o galo de Lafayette (Gallus lafayettii) do Sri Lanka.
            A partir de sua domesticação na Ásia, a galinha foi introduzida na China e no Egito, de onde foi para a Europa. Com a conquista do “Novo Mundo”, as galinhas foram então introduzidas nas Américas pelos colonizadores.
            Sistematicamente a galinha doméstica é classificada dentro da classe AVES, superordem CARINATAE, ordem dos Galliformes, família Phasianidae, subfamília Phasianinae, e a espécie Gallus gallus




 Galo da raça Asil Rajah Murghi que deu origem a raça Cornish, principal formadora do frango de corte moderno.





Casal da raça Leghorn, formadora da linhagem de poedeiras modernas de ovos de casca branca.


AS QUATRO PRINCIPAIS CLASSES:

            Em 1870, a American Poultry Association, criou o Standard of Perfection  (APASP) e reuniu todas as raças conhecidas de galinhas, perus, gansos, patos e marrecos em 86 raças e 235 variedades. Hoje estão classificadas cerca de 280 variedades agrupadas em 15 classes diferentes.
            Uma classe agrupa raças de uma mesma região geográfica (o que se percebe pelo nome da classe), agrupa aves miniaturas das raças grandes (BANTANS), aves com características específicas (GAME), ou outras espécies como marrecos, gansos e perus.
            Uma raça possui um conjunto específico de características físicas tais como conformação corporal ou tipo, cor de pele, locomoção ou postura, pernas empenadas ou não. O cruzamento entre indivíduos da mesma raça transmite as características à progênie.
            A variedade é a subdivisão de uma raça, e as características que as diferenciam incluem cor de plumagem, tipo de crista e presença de barba ou tufos de penas na lateral da face.

As 15 classes são as seguintes: AMERICANA, ASIÁTICA, BANTAM, CONTINENTAL, FRANCESA, GAME, HAMBURGUESA, INGLESA, MEDITERRÃNEA, MISCELÂNEA, ORIENTAL, POLONESA, E AINDA: PERUS, PATOS E GANSOS.

            Dentre elas quatro classes têm grande importância econômica: americana, inglesa, mediterrânea e asiática.
CLASSE AMERICANA:
            Tem origem nos EUA e suas principais características são:
·         Pele amarela.
·         Brincos vermelhos.
·         Tamanho médio.
·         Pernas desprovidas de penas.
·         Produzem ovos de casca marrom.
As raças que compõem esta classe são:
·         Plimouth rocks
·         Rhode islands reds
·         Rhode islands whites
·         Dominiques
·         Wyandottes
·         Javas
·         Buckeyes
·         Chanteclers
·         Jersey Gigante
·         Lamonas
·         New Hampshires
·         Hollands
·         Delawares

CLASSE ASIÁTICA:
            Tem origem na Ásia, e suas principais características são:
·         Pele amarela.
·         Brincos vermelhos.
·         Tamanho grande.
·         Pernas cobertas de penas.
·         Produzem ovos de casca marrom.
As raças que compõem esta classe são:
·         Brahma
·         Cochin
·         Langshan

CLASSE INGLESA:

            Tem origem na Inglaterra, e suas principais características são:
·         Pele branca, exceto na Cornish que é amarela.
·         Brincos vermelhos.
·         Tamanho médio a grande.
·         Pernas desprovidas de penas.
·         Produzem ovos de casca marrom.
            As raças que compõem esta classe são:
·         Cornish
·         Dorkings
·         Redcaps
·         Orpingtons
·         Sussex
·         Australorps



Galo da raça Cornish, já modificada. Oriundo do Asil, participa da formação das linhagens de frangos de corte.



CLASSE MEDITERRÂNEA:
            Tem origem nos países do Mediterrâneo, e suas principais características são:
·         Pele amarela.
·         Brincos brancos.
·         Tamanho de pequeno a médio.
·         Pernas desprovidas de penas.
·         Produzem ovos de casca branca.
As raças que compõem esta classe são:
·         Leghorn.
·         Minorcas.
·         Espanholas.
·         Andaluzas.
·         Ancona.
·         Buttercups sicilianas.
·         Catalãs.
Nas outras classes encontramos diversas outras raças agrupadas segundo características comuns.

CLASSE CONTINENTAL


Hamburguesas, Campines, Lakenvelders, Polonesas, Houdans, Crevecouers, La Fleche, Faverolles, Welsummers e Barnvelders

CLASSE GAME

            Nesta classe estão incluídos somente dois galos combatentes clássicos, o Old english game e o Modern game.

CLASSE ORIENTAL

            Nesta classe estão incluídas raças caracteristicamente de combate, que não aparecem como “games”, obedecendo ao seu local de origem. Temos reunidos nesta classe os Malaios, os Sumatranos e os Cubalayas (foram desenvolvidos em Cuba a partir dos Sumatranos), além dos Shamos e Aseels.



CLASSE BANTAMS

            São conhecidos como garnisés, e na realidade são miniaturas das outras raças, com todas as suas características, exceto o tamanho que é de cerca de 1/3 da ave normal.
            Estão agrupados em quatro grupos segundo a forma da crista e o empenamento das pernas.

Crista simples e pernas desprovidas de penas

Crista de rosa e pernas desprovidas de penas

Qualquer outra crista e pernas desprovidas de penas

Pernas emplumadas


AS AVES MODERNAS:

            Através da seleção genética visando aprimorar as características principais de cada raça ou linhagem, a fim de aumentar a produção, seja ela de ovos ou de carne, chegamos ao que chamamos hoje de marcas comerciais.
            Foi James Dryden, um geneticista da Universidade de Oregon nos EUA, quem conseguiu pela primeira vez selecionar uma galinha cuja produção alcançou 300 ovos em um ano.
            Em 1948, na Universidade de Wisconsin, Irwin, Mc Gibbon e Briles, identificaram grupos sanguíneos diferentes nas aves e atualmente são conhecidos 15 grupos sanguíneos. Estes grupos sanguíneos desempenham papel importante na seleção genética destas aves, já que no primeiro dia de vida do pintinho, pode-se saber a que grupo sanguíneo ele pertence e se possuem ou não o gen procurado.

MARCAS COMERCIAIS PARA CORTE:

            As marcas comerciais, resultado de seleção e melhoramento genético, geralmente recebem o nome do seu criador, da empresa ou do local de origem.
            Algumas destas marcas são: Hubbard, Shaver, Hyline, Ross, Cobb.
São as seguintes as características de uma ave comercial para corte:
·         Baixo índice de conversão alimentar.
·         Rápido ganho de peso.
·         Crescimento uniforme.
·         Empenamento uniforme e de cor branca.
·         Pele de forte pigmentação amarela.
·         Peito largo e pernas curtas.
·         Resistência a doenças.
Existem duas raças que são comumente usadas para formar as principais marcas comerciais para corte:
·         Cornish.
·         Plimouth Rock.

MARCAS COMERCIAIS PARA POSTURA:

Assim como os frangos de corte, as poedeiras modernas são produtos de seleção e melhoramento genético. Algumas marcas comerciais para postura são: Shaver, Hyline, Isa, Embrapa.
São as seguintes as características de uma ave comercial para postura:
·         Baixa mortalidade.
·         Baixa conversão alimentar.
·         Produzir um mínimo de 240 ovos por ano.
·         Alta percentagem de ovos grandes.
·         Ovos com casca resistente e uniforme.
·         Capacidade de pigmentar a gema.
·         Resistência a doenças.
·         Alta eclodibilidade.
·         Maturidade sexual precoce.
·         Alta fertilidade.
·         Baixa ocorrência de galinhas chocas.

Duas raças principais entram na formação das marcas comerciais para postura:
·         Leghorn na produção de ovos de casca branca.
·         Rhode Island Red na produção de ovos de casca marrom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário